Início Destaque Crise de combustíveis em Cabinda leva Sonangol a repensar estratégia

Crise de combustíveis em Cabinda leva Sonangol a repensar estratégia

0
48

Apesar de ser uma das províncias produtora de combustíveis ao país, Cabinda, debate-se, há meses, com uma crise de adustíveis, causada por limitação de abastecimento de Combustíveis. Sonangol promete solucionar o problema dentro de dias.

A petrolífera estatal angolana, Sonangol, admitiu que à região de Cabinda vive um período difícil, no que ao abastecimento de gasolina e gasóleo diz respeito.

Sebastião Gaspar Martins reconheceu que a escassez de combustíveis em Cabinda atravessa, leva à Sonangol a repensar a estratégia de abastecimento de gasolina e gasóleo àquela região do país.

O presidente do Conselho de Administração da Sonangol assegurou, também, que a situação será resolvida, logo que sejam concluídos vários projectos que, para ele, vão melhorar o fornecimento de combustíveis em Cabinda.

A petrolífera estatal angolana apontou a conclusão da refinaria de Cabinda, como sendo uma das infra-estruturas que vai, a curto prazo, aumentar a capacidade de armazenagem de combustíveis, para permitir que a região  ultrapasse este dilema.

“Iremos muito brevemente dar resposta às preocupações no que toca ao fornecimento de outros produtos, nomeadamente, ao gasóleo e a gasolina. E referir ao projecto associado à refinaria e aos outros que já respondem, a curto prazo, aquelas que irão dar satisfação para o aumento da capacidade de armazenagem para permitir que a província possa diminuir este dilema que está a viver, no que toca ao abastecimento a nível dos postos de abastecimento”, enumerou Sebastião Gaspar Martins.

Seja o primeiro a comentar

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva o seu nome aqui