Julian Assange detido na embaixada do Equador em Londres

0
117

 

Governo do Equador retirou asilo político, convidou a polícia britânica a entrar na ambaixada e Assange foi “imediatamente detido”.
O fundador do site de denúncias WikiLeaks, Julian Assange, foi detido esta quinta-feira pela polícia britânica na embaixada do Equador em Londres, onde estava refugiado desde Agosto de 2012.

Num comunicado, a Polícia Metropolitana de Londres diz que os agentes entraram na embaixada “a convite do embaixador, depois de o Governo do Equador ter retirado a concessão de asilo” ao australiano.

A WikiLeaks acusa o Governo do Equador de retirar o asilo político a Assange “em violação da lei internacional”.

“O embaixador do Equador convidou a polícia britânica e ele foi imediatamente detido.” Julian Assange “não saiu pelo seu pé da embaixada”, disse a WikiLeaks na sua conta no Twitter.

Há uma semana, a WikiLeaks disse que foi avisada por uma fonte no Equador que Assange iria ser expulso da embaixada “numa questão de dias”, e que o Governo equatoriano “já tinha um acordo com o Reino Unido para a sua detenção”.

Assange estava na representação diplomática equatoriana por receio de ser detido pelas autoridades britânicas e deportado para os Estados Unidos, onde pode ser julgado pela publicação de documentos militares e diplomáticos confidenciais.

O WikiLeaks, lançado em 2006, divulgou ilegalmente, em finais de Novembro de 2010, milhares de telegramas diplomáticos norte-americanos, tornando Julian Assange e o seu site um alvo da Administração norte-americana.

Seja o primeiro a comentar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva o seu nome aqui