Sem concurso público: Empresas de Manuel Vicente e Luís Nunes engolem milhões de dólares em barragem

0
315

Hemingarda Manuel

Sem concurso público, a Griner, empresa de Manuel Vicente, antigo vice-presidente da República, e a Omatapalo, construtora do governador da Huíla, Luís Nunes, estão facturar dezenas de milhões de dólares com a construção da barragem de Caculo-Cabaça, na província do Kuanza Norte. Obra está avaliada em mais de 4,5 mil milhões de dólares. Fontes ouvidas pelo “Apública” confirmam e atiram culpa ao chefe do Estado.

A UNITA, maior partido da oposição em Angola, já criticou o novo modelo de contratação simplificada, apontando as empresas seleccionadas para construção da barragem de Caculo-Cabaça, depois de o Estado ter rompido com a Niara Holding.

“A contratação pública dos últimos três anos é um desastre no que diz respeito à transparência. Estão a ser entregues de forma simplificada, sem concursos, contratos bilionários. A Barragem de Caculo-Cabaça foi agora de novo entregue em contratação simplificada à Omatapalo e a outra empresa que pertence a Manuel Vicente [Griner]?”, questionou, na sua rede social facebook, Adalberto Costa Júnior, líder da UNITA.

A Griner e a Omatapalo substituíram a Niara Holding na construção do novo Aproveitamento Hidroelétrico de Caculo Cabaça, que recebeu um financiamento de 4,5 mil milhões de dólares.

O Ministério da Energia e Águas dizia, em nota, que a construtoras angolanas Omatapalo e Griner qualificaram-se como subempreiteiros do Consórcio Empreiteiro de Caculo-Cabaça, uma barragem hidroeléctrica em edificação em cambambe, Cuanza-Norte, no fim de um concurso público lançado pelo Gabinete de Aproveitamento do Médio Kwanza (GAMEK).

O Aproveitamento Hidroelétrico de Caculo Cabaça, na comuna do município da Banga, província do Cuanza Norte, será, dentro de cinco anos, a maior barragem em Angola, gerando 2.172 megawatts (MW) de eletricidade.

Dê uma sugestão

Seja o primeiro a comentar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, escreva o seu nome aqui